Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Conitec abre debate sobre as Diretrizes para insuficiência cardíaca
Início do conteúdo da página

Conitec abre Consulta Pública sobre as Diretrizes para insuficiência cardíaca

  • Publicado: Quarta, 31 de Outubro de 2018, 16h23
  • Última atualização em Terça, 04 de Dezembro de 2018, 11h09
  • Acessos: 836

A dificuldade do coração em bombear sangue para o resto do corpo é conhecida como insuficiência cardíaca (IC). É uma doença que afeta cerca de 3 milhões de brasileiros e é responsável por 219 mil internações anualmente. Em virtude da alta incidência, trata-se da segunda principal doença cardíaca no país, atrás apenas do infarto do miocárdio, sendo a principal causa de rehospitalização no Brasil. 

Com o objetivo de melhorar a atenção do paciente com o problema no Sistema Único de Saúde (SUS), padronizando a prática e implantação das melhores condutas, foi criada a proposta de Diretrizes Brasileiras na insuficiência cardíaca com fração de ejeção.

A proposta traz orientações para os profissionais de saúde sobre aspectos relacionados à classificação, ao acompanhamento e ao encaminhamento a serviços especializados para controle da doença, assim como orientações quanto ao diagnóstico e ao tratamento ambulatorial de IC de qualquer etiologia, em sua apresentação crônica estável e orientações quanto as medidas não farmacológicas, que envolvem atividade física, redução de peso e ingestão hídrica e salina também estão presentes.

A Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS – Conitec avaliou a proposta das diretrizes e recomendou preliminarmente a aprovação do texto inicial. Para acessá-lo, clique aqui.  As contribuições da Consulta Pública serão  recebidas até o dia 20 de novembro.

 Como participar

Basta utilizar os formulários eletrônicos disponíveis no site da Conitec, no link Consultas Públicas. Faça seus comentários e sugestões, pois sua participação é muito importante.

registrado em:
Fim do conteúdo da página