Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Novo medicamento para hepatite C é disponibilizado no SUS
Início do conteúdo da página

Novo medicamento para hepatite C é disponibilizado no SUS

Publicado: Terça, 06 de Novembro de 2018, 10h08 | Última atualização em Segunda, 03 de Dezembro de 2018, 09h38 | Acessos: 629

Indicado para o tratamento da infecção crônica pelo vírus da hepatite C (HCV) em adultos, a associação entre o sofosbuvir e velpatasvir (SOF/VEL) foi incorporada no Sistema Único de Saúde (SUS) no último dia 16 de outubro por meio de Portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU). Em até 180 dias, conforme estabelecido no Decreto nº 7.646/2011, o medicamento estará disponível no SUS.

Atualmente, estima-se que cerca de 700 mil pessoas estejam infectadas pela doença no Brasil, e dessas, 85% não sabem que a possuem. Ela é causada pelo HCV, um vírus que provoca infecção aguda e crônica do fígado. A gravidade da hepatite C pode variar e, em casos mais avançados, pode evoluir para cirrose e câncer hepático.

O SUS oferece algumas terapias medicamentosas (cada uma indicada a algum tipo de genótipo da doença, que varia de 1 a 6) que atuam diretamente no HCV, interrompendo a sua replicação, e constituem avanços no combate à doença e suas complicações. Já esse novo medicamento tem uma novidade: ele é pangenótipo, portanto, é indicado a todos os genótipos da doença. Sua indicação é por via oral, uma vez por dia, com ou sem alimentos, dependendo da condição clínica dos pacientes. O tratamento pode durar apenas 12 semanas, com alta eficácia e segurança.

A terapia será utilizada de acordo com o Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas (PCDT) que será atualizado com a inclusão do novo tratamento e suas indicações.

Acesse aqui o relatório técnico da CONITEC que auxiliou o Ministério da Saúde na tomada de decisão pela sua incorporação.

 

Fim do conteúdo da página