Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Proposta de Protocolo Clínico da doença de Chagas está em Consulta pública
Início do conteúdo da página

Proposta de Protocolo Clínico da doença de Chagas está em Consulta Pública

  • Publicado: Segunda, 06 de Agosto de 2018, 10h29
  • Última atualização em Terça, 09 de Outubro de 2018, 15h47
  • Acessos: 2142

É possível participar até o dia 23 de agosto

No Brasil, segundo o Ministério da Saúde há cerca de um milhão de pessoas infectadas pela doença de Chagas. Ela é uma condição infecciosa crônica causada pelo protozoário Trypanosoma cruzi  que é transmitido pelas fezes de um inseto (triatoma) conhecido como barbeiro. O nome do parasita foi dado por seu descobridor, o cientista Carlos Chagas, em homenagem ao também cientista Oswaldo Cruz.

A doença possui duas fases, aguda e crônica, com sintomas diferentes em cada uma delas. A aguda é caracterizada clinicamente por síndrome febril prolongada relacionada à quadros com poucos sintomas e vermelhidão no corpo, semelhante a uma alergia que dura pouco tempo. Em alguns casos, pode haver comprometimento cardíaco e do sistema nervoso central. Entretanto, formas graves da doença aguda são menos frequentes ou pouco registradas. Na crônica, os portadores podem apresentar os sintomas muitos anos depois de ter sido infectados, tais como: problema no sistema digestivo, desmaios, palpitações e dores no peito.

O objetivo do PCDT foi sistematizar as condutas de diagnóstico, métodos terapêuticos e rastreamento da doença de Chagas. Para elabora-lo foram realizadas análises sobre o funcionamento dos testes diagnósticos da enfermidade e os procedimentos recomendados nas fases de evolução, remissão ou agravo, conforme as linhas de tratamento. Para a avaliação da qualidade da evidência disponível na literatura, foi utilizado o sistema GRADE (Grading of Recommendations Assessment, Development, and Evaluation), que classifica a qualidade da informação ou o grau de certeza dos resultados disponíveis em quatro categorias (muito baixo, baixo, moderado e alto).

Diante das evidências, os membros da Conitec aprovaram o texto inicial do PCDT. Para acessa-lo, clique aqui.

Como participar   

Utilize os formulários eletrônicos disponíveis no nosso site, no link Consultas Públicas. Faça seus comentários e sugestões. Sua participação é muito importante!

registrado em:
Fim do conteúdo da página