Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias (3) > Conitec avalia dispositivo para pacientes com esclerose lateral amiotrófica
Início do conteúdo da página

Conitec avalia dispositivo para pacientes com esclerose lateral amiotrófica

  • Publicado: Segunda, 29 de Outubro de 2018, 17h16
  • Última atualização em Sexta, 14 de Dezembro de 2018, 14h22
  • Acessos: 420

Provocada pela degeneração progressiva de neurônios motores, responsáveis pelo controle da musculatura do corpo, a esclerose lateral amiotrófica (ELA) é uma doença rara que faz com o indivíduo perca aos poucos a capacidade de andar ou mover quaisquer outras partes do corpo. Não existe cura, mas há tratamento. Desde 2009, o Ministério da Saúde, por meio do SUS, oferece assistência e medicamentos gratuitos aos pacientes com ELA, com base no que está cientificamente comprovado. O tratamento tem por objetivo retardar o avanço das manifestações da doença. 

O que significa ELA?

Esclerose significa endurecimento e cicatrização;

Lateral refere-se ao endurecimento da porção lateral da medula espinhal;

Amiotrófica refere-se a atrofia (diminuição do volume) muscular que a doença provoca, levando à fraqueza e dificuldade nos movimentos. 

Dispositivo 

O Eye-Tracking (controle ocular), ou interação no olhar, é uma tecnologia usada para identificar para onde uma pessoa está olhando na tela do computador. Ela pode ser usada para controlar um sistema operacional apenas com os olhos, substituindo um teclado tradicional e mouse, por exemplo, em pessoas com mobilidade comprometida, como nos pacientes com ELA.

Após análise, os membros da Conitec concluíram que a qualidade das evidências disponíveis comprometem a avaliação do equipamento, pois não foi possível identificar nelas os indicadores de melhoria da qualidade de vida nos pacientes estudados. Além disso, foi identificado uma desvantagem: o cansaço mental e fadiga dos olhos por movimentos em excesso para realizar a comunicação.

Diante da falta de evidências robustas sobre a tecnologia, a recomendação inicial da Comissão foi pela não incorporação do equipamento. Veja aqui o relatório técnico da Conitec sobre o tema, que encontra-se em consulta pública. A sociedade pode contribuir até o dia 12 de novembro. 

Como participar

Basta utilizar os formulários eletrônicos disponíveis no site da Conitec, no link Consultas Públicas. Faça seus comentários e sugestões, pois sua participação é muito importante.

registrado em:
Fim do conteúdo da página